sábado, 7 de fevereiro de 2009

A Lei do retorno é Física e Bíblica.

Basta lembrar que a terceira lei de Newton diz que: Quando um corpo A exerce uma força sobre um corpo B, simultaneamente o corpo B exerce uma força sobre o corpo A de intensidade e direção igual mas em sentido oposto.Isso nada mais é que a lei do retorno, tudo que fizeres a alguém, em algum momento da vida isso retorna. E bíblico quando se diz “A semeadura é livre mas a colheita obrigatória”. Podemos escolher o que vamos plantar e em que solo iremos semear. Mas na hora da colheita não podemos colher lírios se plantamos margaridas,ou cebola se plantamos pimenta. Essa lei não há como burlar ela é do Universo.

Quando cometemos uma falta contra o nosso próximo, sempre temos uma desculpa fácil: “eu não tinha esta intenção, nem me passou pela cabeça”.Porém, quem esquece o próximo, esquece também que ele é uma manifestação da vontade de Deus.Ficamos surpresos quando, muitos anos depois, a vida vem nos cobrar os momentos em que ferimos “sem querer”. Isto termina acontecendo quando a misteriosa roda da vida gira, e somos atingidos sem motivo, sem entender a razão. Nestes momentos, culpamos a Deus - o mesmo Deus que esquecemos na hora de ferir o próximo.Não vamos ficar nos torturando em culpas passadas: a vida é alegria.Mas vamos ter o sentido de responsabilidade - se algum dia ferimos sem querer, vamos agora fazer o bem “sem querer”.
Uma coisa compensará a outra, e o Criador do universo continuará conspirando a nosso favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário